MORREU MÁRIO BARBARÁ DORNELLES


O Rio Grande do Sul amanheceu mais triste.
Faleceu, neste dia 2 de maio, o cantor e compositor Mário Barbará Dornelles.
Ele tinha 63 anos de idade.  
Barbará participou ativamente dos festivais nativistas do Rio Grande do Sul, notadamente da Califórnia da Canção Nativa de Uruguaiana, no qual deixou registradas diversas canções memoráveis, tais como:    "Roda Canto", "Campesina", "Era Uma Vez", "Colorada", "Querência Maior", "Portas do Sonho", "Mala de Garupa", "Onde o cantor expõe as razões do seu canto", "Se eu me chamasse Lourenço", "Xote da Amizade" e “Desgarrados”, sua música de maior sucesso, composta em parceria com Sérgio Napp. “Desgarrados” conquistou a Calhandra de Ouro, prêmio máximo da 11ª Califórnia da Canção Nativa realizada em dezembro de 1981.
Sua última participação na Califórnia aconteceu em dezembro de 2017, na 40ª edição, defendendo a música “Tatuagens”,   na companhia de seu grande parceiro, discípulo e amigo, Chico Saratt.
Também em 2017, gravou e lançou o disco "Desgarrados", em parceria com Chico Sarat.

Mario Barbará Dornelles nasceu em São Borja, nos dia 22 de outubro de 1954.